#taquigrafianoensinomedio

Sessão solene no Plenário em homenagem ao Dia do Taquígrafo na Assembleia do Piauí.

Atendendo requerimento do deputado Firmino Paulo (PSDB), a Assembleia Legislativa do Estado do Piauí realizou, na manhã desta quarta-feira (03),  sessão solene em homenagem ao Dia do Taquígrafo. A sessão foi presidida pelo deputado Luciano Nunes(PSDB). A mesa foi composta por Alcindo Rodrigues, Coordenador do Núcleo de Taquigrafia da ALEPI; Professora de taquigrafia, Fátima Damasceno, ; Marise de Miranda Nunes, Chefe do Setor de Revisão; Corina Barbosa Lopes, Diretora da Comunicação da Unataq/Brasil e Coordenadora e Professora de taquigrafia do Grupo TaqTeen;  Yeda de Castro Teles Carvalho, Professora de taquigrafia, aposentada do antiga Cefet,(IFPI);  Professora  de taquigrafia, Fátima Meneses,  representando os servidores da Taquigrafia; Senhora Gina, Chefe da Taquigrafia do TRE;O chefe da Câmara Municipal de Teresina; Professor José Neto, diretor da Escola do Legislativo e o representante do ex-deputado e ex-governador Freitas Neto, Antônio Alencar. Na oportunidade a Professora Fátima Damasceno falou do ensino de taquigrafia na Escola do Legislativo. alepi1

A professora Corina Barbosa Lopes fez exposição acerca do Projeto TAQTEEN – FORMAÇÃO DE JOVENS TAQUÍGRAFOS PARA O FUTURO. A inclusão da taquigrafia no ensino médio como forma de apreensão de conhecimento e inclusão social. #taquigrafianoensinomedio 

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Senhor  Antônio Alencar enalteceu o valor dos profissionais de taquigrafia e falou que gostou de saber mais acerca do assunto e que ficou muito feliz por ter tido a oportunidade de comparecer a sessão desses valorosos profissionais.

O próximo Encontro de Profissionais, estudantes e amantes da taquigrafia será no XVIII Encontro da UNATAQ-Br  7 de junho – 9 de junho em Foz do Iguaçu, Paraná. Faça sua inscrição em http://conferencia.unale.org.br/2017/#!/conferencia-nacional

EU, TAQUÍGRAFO. José Oliveira Anunciação

Em 1985, José Oliveira Anunciação e seu irmão Sebastião, ambos taquígrafos aprovados em concursos da Câmara dos Deputados e do Superior Tribunal de Justiça, respectivamente, resolvem dar aulas particulares de Taquigrafia, em fases de aprendizado e aperfeiçoamento, e criam o Curso Nobre, instituição de ensino técnico da milenar arte taquigráfica.

O método utilizado é o Oscar Leite Alves, por ser o mais moderno, prático, objetivo e de aprendizado mais simples, além de ser o método atualmente utilizado no Congresso Nacional (Senado e Câmara) e nos Tribunais Superiores.

Ministrando, assim, aulas de Taquigrafia e Língua Portuguesa por um período de 16 anos, precisamente de 1985 a 2001, formaram-se no Curso Nobre centenas de taquígrafos que prestaram concurso e foram aprovados na Câmara dos Deputados, no Senado Federal, nas Assembleias Legislativas do Distrito Federal e dos Estados, bem como nos Tribunais Superiores (STJ, STF, TST, TRF, TJDFT) e Regionais.

Tendo assumido a Diretoria do Departamento de Taquigrafia da Câmara dos Deputados por 10 anos, ficou o Prof. José Oliveira impedido de lecionar Taquigrafia por esse período, só retornando à sala de aula após deixar o cargo, em 2011. Nessa fase, no entanto, nada impediu que o professor continuasse ministrando aulas de Língua Portuguesa pelo Centro de Treinamento da Câmara dos Deputados (CEFOR), e em 2003, a convite da Assembleia da República de Moçambique, ministrou aulas de Taquigrafia para 80 funcionários daquele órgão, com vistas à formação de taquígrafos e consequente organização de um centro ou serviço de registro de pronunciamentos na instância máxima do Poder Legislativo de Moçambique.

Em 2012, após retomar as aulas de Taquigrafia novamente no Brasil, altos índices de aprovação foram alcançados nos concursos do Senado Federal, da Câmara dos Deputados e do Tribunal Superior do Trabalho. Só na Câmara Federal, dos 34 candidatos aprovados, 20 foram alunos preparados no Curso Nobre.

Atualmente, as aulas de Taquigrafia e de Língua Portuguesa são ministradas somente pelo Prof. José Oliveira Anunciação, um dos fundadores e Coordenador do Curso Nobre, já prevendo os próximos concursos nesta área para a Assembleia Legislativa do Distrito Federal (2014) e até mesmo para a Câmara dos Deputados e Senado Federal, em decorrência de prováveis aposentadorias dos profissionais taquígrafos nesses órgãos nos próximos anos.

Fonte: http://www.taquigrafiacursonobre.com.br/novosite